A Polícia do “Futuro”

Entregamos, crescentemente, a responsabilidade das nossas acções a aplicações de software que fazem interpretações a partir da estatística e da recolha de dados pessoais. Relativiza-se – em nome de quem e de quê? – a noção de privacidade pessoal. A “segurança” – o chamado “policiamento preventivo” – não lhe escapa. Quais as implicações? Quais os benefícios e qual o preço a pagar? Onde entra. aqui. o facebook? Brilhante artigo de Evgeney Mozorov no Folha de S. Paulo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: