Crítica literária e a “sabedoria das massas” como anti- democrática

Existe, actualmente, uma cultura de tentativa de destruição da figura do “crítico literário” – não podemos ser avaliados? Deixar que tenham uma opinião sobre mim? Eu quero -. Como se não pudesse, também, ser um de nós. O que joga em favor de uma abstracção: “a sabedoria das massas”. Como se esta – a ser real – não pudesse co- existir com a primeira. Ou então: esta ser aproveitada – “abusada” – pela segunda. A “sabedoria de toda a gente” –conveniente catalogação em detrimento, no fundo, da liberdade individual – é, afinal e apesar da presunção, anti- democrática. Sugere que o valor está, apenas, na postagem pela postagem. Na imagem. No texto curto. Na opinião pouco aprofundada. Na contextualização – ou falta dela – que não ofenda uma sociedade, mais ou menos, parada: a do multi- tasking como designio superior.

O Diário Digital, de hoje, disponibiliza um artigo intitulado “Resenhas online falsas prejudicam vendas de livros na Internet“. Teriamos tudo a ganhar, socialmente, com a revalorização de uma, verdadeira, especialização cultural. Nada disto implicaria o fim da “sabedoria das massas”. Pelo contrário. Significaria – isso sim – …

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: