O Valor do Jornalismo: Uma Questão de Vontade

Pergunta o Washington Post: porque é que, tendencialmente, os menores de 45 anos não assinam um jornal? Não parece ser, longe disso, uma questão de qualidade informativa. Vai para além do essencial: de que, desta forma, é, de longe, mais barato. Quase todos os motivos expostos no artigo, intitulado “Why Digital Natives Hate Newspapers“, postado, hoje, pela plataforma Editors & Publishers e por mais sofisticados que pareçam, apontam para um resumo, mais ou menos, perturbador. A, “tradicional”, lei do menor esforço. São vários. Fica, assim, a perder-se percepção: para que serve, para que sempre serviu, o melhor jornalismo? Uma questão de valor. Da democracia. Do trabalho do outro. E, em sociedade da concentração do trabalho na indústria de “conteúdos”: isto significa, pelo menos, auto- destruição. Costuma dar-se-lhe o nome, mascaradamente, de “partilha”. Mas a “gratuitidade total”, por mais voltas que se lhe tente dar, é filha do individualismo; do marketing mais desesperado. E, portanto, do odiado – e combatido – capitalismo. Vamos sonhando. Tento não exagerar. Mas vou arriscar. Aqui vai em jeito de provocação: passivos digitais.

 Não há “novos modelos de negócio”, que funcionem, sem responsabilidade pessoal.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: