Uma Questão “Democrática”

Parece-me que há quem faça, para viver melhor consigo próprio, aquilo a que chamo de “inversão de raciocínio”. E quando digo “há quem faça” estou apenas a utilizar uma frase, digamos, “eufemistica”. Ninguém, na “realidade”, lhe escapa: nem aqueles que se consideram os mais “científicos” de entre nós – o que, nos dias de hoje, parece ser a maior aspiração -. É uma forma de suportar a realidade. Dou um exemplo: assisti, no ano de 2012, numa loja da Fnac, em Braga, a um debate no qual se entrevistava Capicua. A conhecida rapper portuguesa.  Quando lhe foi colocada uma questão acerca do facto de os downloads e o actual ambiente de gratuitidade estarem a destruir a música como fonte de sobrevivência: respondeu, de forma mais ou menos envergonhada e atrapalhada, que talvez fosse bom. Porque dessa forma “se poderia dedicar, nas horas livres, ao que mais gosta”. Ninguém reagiu. Espero que Capicua tenha imediatamente reparado no que tinha acabado de dizer. De qualquer forma a resposta mostra que não tinha reflectido, nem sequer anteriormente, sobre o assunto. Ninguém está livre de se enganar para ser um pouco mais aceite. Contudo: as ilusões também existem para que possamos ser um pouco mais aceites por nós próprios. O que, desconfio, vai dar ao mesmo. Ao narcisismo ninguém foge. Por mais que apenas o identifique nos outros. Ele nota-se, principalmente, em quem tem pouco humor acerca de si próprio. Ou em quem, para dar outro exemplo, pareça muito “equilibrado” – o que, desconfio, também vai dar ao mesmo – : quem está constantemente satisfeito em alguma se estará a enganar. O contrário também acontece. Mas tenho visto, naqueles que poderiam ser – e são considerados – os mais “lúcidos” de entre nós, a maior dose de engano e auto- engano – e aqui, por uma questão de segurança, não me vou adiantar -. Parece-me, por isso, característica essencial: o que faz de nós seres “equilibrados” é a crença de que as nossas ilusões não o são. No fundo: uma questão de amor. Uma questão democrática.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: